★☾ ✿Gente - Miúda✿

★☾ ✿Gente - Miúda✿
Era uma vez, uma garotinha que se chamava... Bora ler!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Não tens ...

(Autoria: Fernanda)
imagem: net



Não tens culpa alguma, se estás só nas calçadas.
Não tens culpa alguma se sentes tão fraco e só.
É que provar o fel tão pequenos, nos faz precisar de alguma coisa que possamos saber nossa.

Não tens culpa alguma se contemplas a vida com olhares de amargura, ou mel demais. Há sempre contrários onde só se caiu chuva das meninas dos olhos. Mas podemos ser suavidade, acredite.
Podemos dizer não ao que não acrescenta. Porque todo problema se pode resolver. Não tens culpa alguma se duvidas da mão estendia em tua direção.

Mas saiba, eu multipliquei tantos caminhos, e aprendi que o amor só chega mais forte em nossos corações, se a gente sentir a dor muito de perto. Nada que é grandioso nos chega sem merecimento. Nunca seremos melhores que Cristo, e do sofrimento dele não temos definição exata.

Não tens culpa alguma se estás maltrapilho, és somente uma criança carente, que não teve a possibilidade de ter uma ascendência. Não se culpe por isso, eu sei que a gente pensa que fez algo errado para não merecer um lar. Todos merecemos.
Acredita que não tens culpa de querer uma família, e fazer crescer nela os seus ramos. O que acontece é que és especial demais, porque aguentou o frio nas noites de chuva, ouviu o barulho do estomago e achava engraçado apesar de saber que a fome te consumia, que sorriu mesmo com as lágrimas banhando teu rosto de dor, porque simplesmente viu uma estrela na noite escura brilhando no céu. E que quando olhas todas aquelas crianças sendo felizes nos balanços da vida, se sente alegre com a sua alegria, mas se acha diferente porque está sujo e descalça.

Espera em Deus! Aquele que tudo pode, te faz poder também se acreditares em sua escolha. Ele te escolheu para carregar um pouco a mais, uma dor diferenciada, onde o amor está sendo testado de alguma forma. E mesmo que você só chore, há um grande prêmio depois.

Você aprende a valorizar as pequenas coisas, e estas pequenas coisas são gigantes para O pai do céu. Então percebe que amar valeu qualquer sacrifício. Persista mesmo todo machucado! Um dia serão só marcas. E as marcas serão apenas lições aprendidas.

Não tens culpa alguma, se teu corpo muda. E se você não compreende aquilo porque nunca ninguém te ensinou. Então pensa que tem algo ruim acontecendo, que está doente e não sabe o que fazer. Sabe? A gente descobre de um jeito ou de outro, a vida nos prepara em cada entrelinhas. Ninguém pode ser capaz de te culpar pelo que acontece sem você ter culpa. Só os “senhores da lei”, aqueles que querem ser os melhores te apontam, mas coitados não sabem o que fazem.

Não tens culpa alguma se muitas vezes tua voz fica presa quando ouve a palavra "mãe", e que o teu desespero em ter uma, te leva a pedir em muitas noites e dias para que ela se arrependa e volte. Ou te faça esperar por ela tanto tempo, até o dia que percebe que ela nunca, nunca virá. E que esse caminho que você trilhou cheio de mar nos olhos, vai fazer parte da sua vida até sempre, mesmo que você queira muito apagar.

Não tens culpa alguma, quando se fascina pelo céu, ele é fascinante e maravilhoso, e lá em cima mora um Deus que te deu o seu abrigo em todas aquelas noites que você pensou estar solitário. A maneira que ele encontrou foi te fazer um guerreiro para as batalhas na vida, te capacitou com o dom do amor e de acreditar. E saiba, ele nos deu a todos esse dom, mas alguns não perceberam e se deixaram seguir sem rumo na vida.

Não é fácil conviver com pequenos e grandes problemas, mas não desista de tentar solucioná-los. Você conseguirá. Eu sei que sim se tiver o Senhor do alto como seu protetor. Não esqueça nunca que Deus é leal, ele sabe o que a sua necessidade precisa.

A única coisa que terá que se culpar é se desistir de tentar. Não podemos desistir de ser melhores sempre. Não se deixe vencer pelas facilidades, se escolher algo por ser mais fácil. Você estará tirando o orgulho que aquele lá de cima sente por tua capacidade, mas jamais deixará de ser amado por isso. Os teus olhos podem ver e tua alma pode sentir o que precisa para subir cada degrau. As coisas fáceis estão estragadas na maioria das vezes.

Mas saiba: o que tu és já veio contigo, ninguém poderá mudar isso. Podes estar no meio dos lobos e continuará sendo um cordeiro e nada te acontecerá, porque tu tens o “caçador” e o livramento, a sabedoria e um anjo da guarda, um céu coberto do manto protetor, e um Deus, teu maior amigo.

E que Deus te abençoe todos os momentos do dia e da noite.
Amém!


 
 ♥

Perder tempo

(Autoria: Fernanda)
imagem: net

 
A brisa toca na cortina da janela. Num sussurro me faz sentir a sensação de contentamento, uma alegria terna, doce, bonita. Eu pensei em todas as vezes que eu olhava assim as ondas do mar. Não havia relógio marcando as horas, e o sol sempre me pegava acordada. As paredes inexistentes da minha casa eram sempre abstratas.
De lá eu podia ver o azul do céu. Que lindeza, eu pensava enquanto meus cabelos desgrenhados se aninhavam em meu rosto pequeno. Olhava a rua repleta de gente, é como assistir uma TV, muitos rostos se destacam, mas cada um tinha a sua fisionomia.

O aroma do café me hipnotizava, parecia ter gosto o cheiro.
Cantava sem tom a primeira melodia, mas a moeda que ganhara era brilhante, feito estrela na noite. E dava exatamente para o meu pão com manteiga e café com leite. Mastigava com gosto bem devagar, para sentir o sabor do pão e do café.

Se havia pobreza naquela menina que fui, naquele momento eu era princesa, porque aquele café da manhã ficou como uma das mais lindas lembranças que eu acumulei. Não, não era pobreza que me habitava, era fartura. Eu ria muito e imaginava demais.
Obrigada Deus, eu gritava diante do mar.

Você aceita um pedaço de pão?
Eu queria saber o que é perder tempo, pode me ensinar?
Já sabe quem disse né? Ouvi duas senhoras dizerem para um senhor.
É que eu estou tentando ficar inteligente, então seu Paulo disse que se eu observar as pessoas, e como elas são, e ler jornais vou ser inteligente. Ler jornais eu li lá na banca do seu Álvaro, e observar eu observei, mas não compreendi.

Contudo eu sei que Você observa a gente, todos os pedacinhos de tempo, até anoitecer e amanhecer. Então sei que sabe todas as respostas, porque você é Deus dos céus e meu amigo.

Eu gosto quando conversamos, parece que eu deixo de ser tão pequenina e cresço até aí. Sabe que eu sonhei com a estrela sol e vi Você pegar ele só com uma mão ? Depois fui no meu caderno de folhas soltas, que chamo vitorioso, e escrevi nele como você é. Acho que é mesmo daquele jeito. Um moço de olhos alegres e um riso estampado no rosto, mas cheio de marcas de amor.

Você disse que na sua casa tudo é que nem na minha, não há paredes nem teto. E que quando eu quisesse conversar, bastava só olhar fixamente para o céu e então nós dois iríamos conversar sobre muitas coisas, igual como estávamos fazendo no sonho daquele dia. Por isso estou aqui, olhando fixamente para a sua casa da minha casa, e queria muito saber o que é perder tempo.

Então escrevendo em meu caderno rabisquei, e quando percebi a resposta estava lá:

"Perder tempo é você deixar o sensato pelo impreciso.
É semear, e não regar.
Plantar sem adubo bom.
Ter um coração e não amar.
Ter braços e não abraçar.
Saber raciocinar e não falar de amor.
Observar uma lágrima e não perceber que o milagre começa na humildade de ser simples.
Lembrar tudo que eu criei e não se importar.
Perder tempo é deixar de viver no hoje o amor universal, nos lares, no trabalho, nos abrigos, nos hospitais, nos encarcerados.
Todos têm a minha imagem e semelhança, e no entanto se julgam extraordinários e melhores que os outros. Com arrogâncias, julgamentos e egoísmos.
Ensinei a amar o próximo, mostrei e vivi esse amor, e no entanto, o mundo inteiro está perdendo seu tempo com o desamor."

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Papai do céu "Noel"

(Autoria: Fernanda)
___________________



Poderia te pedir um presente neste natal, mas não me sinto merecedora disso.
Mas queria te pedir assim mesmo. Dê uma passada nos orfanatos, nos hospitais e nos asilos.
Peço-te isso mesmo sabendo que passas sempre por lá.
Você para mim não é superficialidade, nem nunca será.
Lembra daquela noite de natal, lá no orfanato? Eu sei que lembra.
Aquela noite que a Julinha ficou de castigo, porque me deu a bolacha dela?

Eu não sabia que ia acontecer aquilo, mas mesmo trocando com ela o castigo, meu coração não ficou feliz, é que eu queria que ela não tivesse sentido aquele medo todo.
As novidades sempre amedrontam, eu sabia, a Julinha não.
Hoje eu lembrei de fazer uma cartinha para deixar na árvore que montei, porque eu acredito em papai do céu Noel.
A minha lista é imensa, e peço desculpas por ela tá? Mas sei que você gosta que peçamos, por isso lá vai.

1 - Que o amor seja a água que mata a sede.
2 - E que as crianças de todas as raças e cores, sintam a bondade e o carinho do amor, afagando seus dias.
3 - Que não exista pessoas cruéis nos orfanatos, e que cuidem com carinho, daqueles que não tiveram culpa de estarem ali. Que sempre exista alguém que afague as suas tristezas e que diga que irá ficar tudo bem!
4 - Que o amanhã seja sempre esperado com alegria e tranquilidade.

5 - Que as lágrimas sempre tragam a tranquilidade, para aqueles que precisam dela para desabafar, extravasar.
6 - Que o sono sempre seja o descanso daqueles que sentem-se cansados.
7 - Que todos possam ter uma cama e um cobertor, e também que nunca seja permitido alguém dormir com fome.
8 - Que o outro seja capaz de perdoar, mesmo que para ele pareça impossível, e que o amor seja seu guia.

9 - Que eu esteja sempre presente para aqueles que precisarem de mim.
10 - Que os receios sejam enfrentados de frente com fé e esperança.
11 - Que cada imagem e semelhança sejam respeitadas, e que ninguém seja descriminado por aparência ou cor.
12 - Que as lembranças sejam sempre para nos incentivar a atos bons.

13 - Que cada machucado que outro faça por inveja, ou por ambição, seja uma noite de sono em alerta com sua consciência, porque ninguém deve ser invejado, visto que o Criador fez cada um de nós com amor de pai. Portanto, não devemos invejar nosso semelhante. Nem cobiçar algo que não lhes pertença.
14 - Que cada um encare seus problemas com fé e garra, para que seja assim digno de vitória.

15 - Que amar faça todo o sentido. Porque amando as lágrimas secam, as dores passam, o sorriso brota e o mundo ganha a paz.
16 - Que o tempo seja sempre usado para cultivar e aperfeiçoar.
17 - Que a luz de cada amanhecer, seja sempre recebida como dádiva a todos os povos.

18 - Que a bondade possa andar de mãos dadas com a simplicidade entre os homens.
19 - Que a liberdade de ir e vir seja sempre presente.
20 - Que ninguém chore por se sentir sozinho, ou esquecido.
21 - Que os asilos sejam visitados constantemente.
22 - Que haja muitos Pai Wilson e mãe Cris nesse mundo.

Papai do céu, sei que minha lista ainda é pequena diante da necessidade humana, mas não posso abusar né?
Para muitas pessoas, o papai Noel é um velhinho de barba bem branquinha, que ajuda as lojas a venderem mais.

A maioria das crianças não sabem o que realmente é o natal, e qual sua importância.
Elas fazem suas cartinhas e botam na árvore de natal, pedindo o brinquedo do ano.
Sem lembrar que a festa, a alegria é pelo o nascimento do amor. De Jesus.
Meu papai Noel nasceu num lugar bem simples, e foi gerado pelo amor de Deus. E amou o mundo de tal maneira que deu sua vida por nós.
Seu nome é Jesus.
Papai do céu, para mim não tenho nada a pedir, só tenho a agradecer, obrigada por tudo!