Deus, seu sorriso é uma janela para minha alegria. A noção exata de te sentir me faz tão feliz. Foi tão rápido que descobri o brilho de um astro, aquele que iria fazer de minha história um recomeço de amor. Houvram pedaços que se soltaram, e ficaram lá atrás, mas eu não esqueci. De certo modo estão colados na minha memória. Todos tiveram suas cores, alguns cinzas, craquelados, alegres, e outros coloridos demais.Em cada um deles eu vivi de coração. Eu ouvi o AMOR me chamar, ELE brincava comigo quando minha tristeza precisava de risos. Eu senti sua voz me ninar, quando eu chorava de frio e de fome. Adormeci muitas noites, imaginando um copo de leite, nem precisava ser quentinho e cheio, bastava matar minha fome. Muitas vezes não fazemos nada, e não há nada que se possa fazer com isso. Mas a minha direção era sempre iluminada pelo Sol. Por quê? Eu me fiz muito essa pergunta. Mas tratava de me fortalecer me dando a resposta positiva, que um dia tudo iria ser bem azul, e no fundo um arco-íris mandado pelo Céu, iria indicar a direção que eu precisava seguir. “Não chore Fernandinha, a gente um dia vai ter um pai e uma mãe, irmãos, um lar e você até vai poder comer empada no domingo”. Eu me dizia isso sempre que pensava não haver mais maneira de me dar força, por me sentia fraca de fome. Eu olho para trás e sinto um orgulho tão grande de mim, é sério! Eu sinto. Quando recordo aquele tempo, meus olhos mergulham num mar de emoções. Como fui corajosa diante das noites em bancos de praças. Mas eu não sabia o que era perigo até eu ficar grandinha. No entanto tudo já vem bem detalhado, e com um cuidado excessivo do Criador. Nenhuma criança fica desamparada a seus olhos. Ontem eu vi do ônibus, um menino de rua caído com um saco de cola nas mãos, aquilo me doeu inteira. Pedi que o Senhor colocasse alguém em seu caminho ali, para ajudá-lo a sair daquilo. Precisamos conscientizar nossas crianças, de que as drogas são bichos papão desde cedinho, para que elas não tenham a curiosidade de experimentar. Orientar estas crianças de que não devem aceitar balas ou qualquer outro presente de estranhos, porque existem muitas pessoas mal intencionadas por aí. É incrível como a confiança perdeu o sentido no mundo. E o mal tomou conta de corações por opção de quem os carrega. Comecei falando de amor e me estendi para outro rumo, que não deixa de ter amor no meio. Mas eu sinceramente espero que o hoje, seja mais correto em relação àqueles que moram nas ruas por falta de opção. Eu espero que cada olhar que se depare com um sem-teto, esteja de alguma forma próximo de fazer a sua parte. É perigoso se aproximar de alguém assim? Na maioria das vezes sim, mas há muitas formas de ajudar. Tive sempre em mente o que queria. Aprendi a ler sozinha juntando palavras, me fascinava quando via alguém lendo próximo a mim, era sempre uma nova descoberta. Agradeço pelo que tenho hoje, ao Senhor do alto que nunca me deixou sozinha, por meus pais que mesmo eu sendo uma menina-grande não hesitaram em me adotar aos 14 anos de idade. ♥

★☾ ✿Gente - Miúda✿

★☾ ✿Gente - Miúda✿
Era uma vez, uma garotinha que se chamava... Bora ler!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Não tens ...

(Autoria: Fernanda)
imagem: net



Não tens culpa alguma, se estás só nas calçadas.
Não tens culpa alguma se sentes tão fraco e só.
É que provar o fel tão pequenos, nos faz precisar de alguma coisa que possamos saber nossa.

Não tens culpa alguma se contemplas a vida com olhares de amargura, ou mel demais. Há sempre contrários onde só se caiu chuva das meninas dos olhos. Mas podemos ser suavidade, acredite.
Podemos dizer não ao que não acrescenta. Porque todo problema se pode resolver. Não tens culpa alguma se duvidas da mão estendia em tua direção.

Mas saiba, eu multipliquei tantos caminhos, e aprendi que o amor só chega mais forte em nossos corações, se a gente sentir a dor muito de perto. Nada que é grandioso nos chega sem merecimento. Nunca seremos melhores que Cristo, e do sofrimento dele não temos definição exata.

Não tens culpa alguma se estás maltrapilho, és somente uma criança carente, que não teve a possibilidade de ter uma ascendência. Não se culpe por isso, eu sei que a gente pensa que fez algo errado para não merecer um lar. Todos merecemos.
Acredita que não tens culpa de querer uma família, e fazer crescer nela os seus ramos. O que acontece é que és especial demais, porque aguentou o frio nas noites de chuva, ouviu o barulho do estomago e achava engraçado apesar de saber que a fome te consumia, que sorriu mesmo com as lágrimas banhando teu rosto de dor, porque simplesmente viu uma estrela na noite escura brilhando no céu. E que quando olhas todas aquelas crianças sendo felizes nos balanços da vida, se sente alegre com a sua alegria, mas se acha diferente porque está sujo e descalça.

Espera em Deus! Aquele que tudo pode, te faz poder também se acreditares em sua escolha. Ele te escolheu para carregar um pouco a mais, uma dor diferenciada, onde o amor está sendo testado de alguma forma. E mesmo que você só chore, há um grande prêmio depois.

Você aprende a valorizar as pequenas coisas, e estas pequenas coisas são gigantes para O pai do céu. Então percebe que amar valeu qualquer sacrifício. Persista mesmo todo machucado! Um dia serão só marcas. E as marcas serão apenas lições aprendidas.

Não tens culpa alguma, se teu corpo muda. E se você não compreende aquilo porque nunca ninguém te ensinou. Então pensa que tem algo ruim acontecendo, que está doente e não sabe o que fazer. Sabe? A gente descobre de um jeito ou de outro, a vida nos prepara em cada entrelinhas. Ninguém pode ser capaz de te culpar pelo que acontece sem você ter culpa. Só os “senhores da lei”, aqueles que querem ser os melhores te apontam, mas coitados não sabem o que fazem.

Não tens culpa alguma se muitas vezes tua voz fica presa quando ouve a palavra "mãe", e que o teu desespero em ter uma, te leva a pedir em muitas noites e dias para que ela se arrependa e volte. Ou te faça esperar por ela tanto tempo, até o dia que percebe que ela nunca, nunca virá. E que esse caminho que você trilhou cheio de mar nos olhos, vai fazer parte da sua vida até sempre, mesmo que você queira muito apagar.

Não tens culpa alguma, quando se fascina pelo céu, ele é fascinante e maravilhoso, e lá em cima mora um Deus que te deu o seu abrigo em todas aquelas noites que você pensou estar solitário. A maneira que ele encontrou foi te fazer um guerreiro para as batalhas na vida, te capacitou com o dom do amor e de acreditar. E saiba, ele nos deu a todos esse dom, mas alguns não perceberam e se deixaram seguir sem rumo na vida.

Não é fácil conviver com pequenos e grandes problemas, mas não desista de tentar solucioná-los. Você conseguirá. Eu sei que sim se tiver o Senhor do alto como seu protetor. Não esqueça nunca que Deus é leal, ele sabe o que a sua necessidade precisa.

A única coisa que terá que se culpar é se desistir de tentar. Não podemos desistir de ser melhores sempre. Não se deixe vencer pelas facilidades, se escolher algo por ser mais fácil. Você estará tirando o orgulho que aquele lá de cima sente por tua capacidade, mas jamais deixará de ser amado por isso. Os teus olhos podem ver e tua alma pode sentir o que precisa para subir cada degrau. As coisas fáceis estão estragadas na maioria das vezes.

Mas saiba: o que tu és já veio contigo, ninguém poderá mudar isso. Podes estar no meio dos lobos e continuará sendo um cordeiro e nada te acontecerá, porque tu tens o “caçador” e o livramento, a sabedoria e um anjo da guarda, um céu coberto do manto protetor, e um Deus, teu maior amigo.

E que Deus te abençoe todos os momentos do dia e da noite.
Amém!


 
 ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário

♥♫